CONFERÊNCIAS
Discursos do Cérebro
Revelações das Neurociências
destaque
Fritz Kahn. A mente, 1926 (pormenor)VER IMAGEM
SEGUNDAS DE 11 SETEMBRO
A 2 OUTUBRO
Pequeno Auditório
18h30 · Entrada gratuita Levantamento de senha de acesso 30 minutos antes do início da sessão, no limite dos lugares disponíveis. Máximo por pessoa: 2 senhas.
Flyers (pdf)
11 de setembro

O ciclo de conferências será transmitido neste site.
Informações
Bilheteira Culturgest
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Tripadvisor
Mais opiniões sobre Culturgest.
Organização Ana Margarida Nunes (Centro Interuniversitário de História da Ciência e Tecnologia da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa), Joana Barros (Viver a Ciência)

O cérebro humano é talvez a estrutura mais complexa dos sistemas vivos. Tem a capacidade de armazenar mais informação do que um computador e de criar ligações mais rápidas do que qualquer rede informática. A sua existência permitiu feitos inimagináveis e é dele que depende a forma como percecionamos e reagimos ao mundo. É no cérebro que moldamos os nossos pensamentos, as nossas crenças e esperanças e é nele que se desenham os nossos sonhos e a nossa imaginação. É a sua unicidade e potencial que nos define como seres humanos.

Há uma grande curiosidade sobre o cérebro, desde a forma como evoluiu até à sua anatomia, fisiologia e bioquímica. Vamos buscar ferramentas à biologia, à matemática, à física, psicologia e engenharia para o conseguirmos entender melhor, pouco a pouco. O que já sabemos hoje é espantoso, mas os cientistas continuam em busca de um conhecimento mais profundo, que consiga relacionar descobertas ainda por conectar.

Este ciclo de conferências toma como ponto de partida a investigação de excelência que se faz em Portugal na área das neurociências, para uma conversa aberta, pensada para o público curioso. Este ano exploram-se temas como as doenças neurodegenerativas, os distúrbios alimentares, a plasticidade neuronal e o envelhecimento, revelando não só novos conhecimentos, mas procurando também promover uma cultura científica mais abrangente, sobre a forma como a investigação é feita, os seus atores e os seus métodos. Só assim cada um de nós poderá refletir e discutir com maior conhecimento alguns dos grandes desafios que enfrentamos como sociedade.

 

 

11 de setembro

Mitocôndria, no caminho das doenças neurodegenerativas

Sandra Morais Cardoso, Investigadora Principal, Centro de Neurociências e Biologia Celular, Universidade de Coimbra

 

18 de setembro

Como crescem os neurónios?

Rita Teodoro, Investigadora Principal, Centro de Doenças Crónicas, Faculdade de Medicina da Universidade Nova

 

25 de setembro

Comportamento alimentar: da recompensa à obesidade

Albino Oliveira-Maia, Diretor da Unidade de Neuropsiquiatria, Centro Clínico Champalimaud, Fundação Champalimaud

 

2 de outubro

À procura do elixir da juventude

Cláudia Cavadas, Investigadora Principal, Centro de Neurociências e Biologia Celular, Coimbra

The human brain is the most complex structure of living systems, capable of storing more information than a computer and creating faster connections than any IT network. We depend on it for our perception and reaction to the world. It shapes our thoughts, beliefs, hopes, dreams and imagination, defining us as human beings. What we know about it is quite amazing, but scientists continue to delve deeper. This lecture cycle looks at such themes as neurodegenerative diseases, eating disorders, neuroplasticity and aging, revealing new knowledge and preparing us for today's great social challenges.

© 2017 Culturgest