EXPOSIÇÃO
Michael Snow
O Som da Neve The Sound of Snow
DE 24 FEVEREIRO
A 22 ABRIL
Inauguração:
sexta-feira, 23 de fevereiro, 22h
Galeria 1
4€ · Entrada gratuita aos domingos
Visita com Michael Snow e Delfim Sardo
Sábado, 24 fevereiro, 12h

Visitas aos Sábados
Com Delfim Sardo
:
7 abril, 16h30
Com Ana Gonçalves:
17 e 24 março, 21 abril, 16h30

Visitas à hora de almoço
Com Delfim Sardo
:
28 fevereiro, 12h
Com Ana Gonçalves:
22 março, 13h e 11 abril, 12h

Visitas para grupos
Marcações: 21 761 90 78
culturgest.servicoeducativo@cgd.pt
Informações
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt
Rameau's Nephew by Diderot (Thanx to Dennis Young) by Wilma Schoen, 1974 · still do filmeVER IMAGEM
Curadoria Delfim Sardo

Michael Snow (Toronto, Canadá, 1928) é um dos mais fascinantes artistas da contemporaneidade. Com um percurso que atravessa a prática das artes visuais e, nestas, a utilização dos mais variados suportes – desde a pintura, escultura, desenho, fotografia, filme e vídeo –, a sua prática estende-se à música improvisada, com inúmeros gravações disponíveis, à instalação sonora e ao cinema.

A exposição O Som da Neve apresenta o trabalho fílmico, videográfico e sonoro de Michael Snow. Autor de obras que se revelaram de importância decisiva no desenvolvimento do filme experimental, o trabalho pioneiro de Michael Snow nunca foi objeto de uma consequente apresentação em Portugal, embora algumas peças tenham sido mostradas no Centro Cultural de Belém, na Culturgest e na Cinemateca Portuguesa. Sobretudo, nunca foi apresentada a importantíssima conexão entre som e imagem que Snow tem vindo a desenvolver, por vezes expandindo-se para a música, numa relação que combina enorme sofisticação, humor subtil e grande liberdade criativa.

Recuando até às suas experiências com filme 16mm (como o histórico Wavelength, de 1967) e acompanhando o desenvolvimento das explorações fílmicas e sonoras até obras recentes, a exposição propõe uma experiência imersiva no trabalho de Michael Snow, sendo ainda apresentados em auditório um conjunto de filmes de longa duração.

Por ocasião da realização deste projeto expositivo, haverá a rara oportunidade de assistir a um concerto de piano solo por Michael Snow.

Michael Snow (Toronto, Canada, 1928) is one of the most fascinating contemporary artists. Having followed a path that has taken him through the full range of visual arts – from painting to sculpture, drawing, photography, film and video – his artistic practice also extends into improvised music (with countless recordings already available), sound installation and cinema.

The exhibition The Sound of Snow presents Michael Snow’s film, video and sound work. Despite resulting in creations that proved to be of major importance in the development of experimental film, Michael Snow’s pioneering work has never been afforded appropriate coverage in Portugal, although some of his film work has been shown at the Centro Cultural de Belém, Culturgest and Cinemateca Portuguesa.  Most significantly, what has never been presented is the extremely important connection between sound and image that Snow has been developing, sometimes expanding into music, in a relationship that combines enormous sophistication, subtle humour and great creative freedom.

© 2017 Culturgest